5 Países que Levam a Privacidade a Sério na Hora de Hospedar o seu Site

Ícone de Relógio
7 min
Publicado em:
19/7/2022
Última Atualização em:
24/11/22
Article Background Image
Article Background Image
Article Background Image
Temas Abordados Neste Artigo

Introdução


No último artigo, falamos sobre domínios. Você deve internacionalizar os domínios de seu site para se proteger da censura e de confiscos. Ainda mais importante do que um domínio seguro é a hospedagem segura. Numa época em que a informação privada está se tornando cada vez mais importante, mas também cada vez mais transparente, a proteção de dados com base nos mais altos padrões é indispensável.

Não apenas porque a WikiLeaks, Edward Snowden, Bradley Manning e outros heróis denunciantes mostraram o grau de espionagem atual, mas porque você deve proteger seus dados de maneira consequente.

Afinal de contas, seus dados lhe pertencem: porque sua vida te pertence!

Neste artigo, analisamos os 5 melhores países para a proteção de dados. Em um próximo artigo entraremos em mais detalhes sobre as hospedagens recomendadas nestes países, mas hoje vamos apenas mencioná-las brevemente.

Você deve mudar seu ponto de vista sobre a proteção de dados. Normalmente você deve se internacionalizar em países pequenos e com impostos baixos. Por outro lado, entretanto, por razões de proteção de dados, vale a pena dar uma olhada nos estados de bem-estar social ricos com altos custos de vida.

Você não precisa viver lá: só o seu servidor!

Você deve esquecer imediatamente dos Estados Unidos se os servidores físicos são hospedados de forma local. De acordo com uma decisão da Suprema Corte, isto pode significar uma obrigação fiscal nos EUA, independentemente do local de residência real da pessoa.

No final, em termos de proteção de dados e liberdade de expressão, você teria resultados muito ruins nos EUA, como já explicado para os domínios. Regulações como o Patriot Act dão ao governo dos EUA a oportunidade de acessar arbitrariamente suas informações e encerrar sua presença na web se seu conteúdo não lhes convém.

É verdade que o risco pode ser baixo se você for um blogueiro ou empresário lusófono normal. Mesmo assim, você deve ter cuidado. Especialmente se você publicar conteúdo controverso, você pode querer fazê-lo em servidores localizados em um país que não afete seu conteúdo e de preferência fale uma língua diferente.

Com muitas das melhores empresas de hospedagem web nos Estados Unidos, você provavelmente terá que fazer concessões. O risco pode ser minimizado consideravelmente ao hospedar em hosts nos EUA, mas tendo seus servidores em outros países. Ao combinar as leis de proteção de dados dos 5 países a seguir, seus dados estarão muito bem protegidos, mesmo que um host americano esteja envolvido.

A Settee faz isto com seu altamente recomendado host SiteGround, cujos centros de dados estão localizados não somente nos EUA, mas também na Holanda e na Ásia. E a Holanda é, como mostra a seguinte classificação, apesar de ser membro da UE, bastante aconselhável para a proteção de dados, liberdade de expressão e liberdade de imprensa.

O seguinte ranking é principalmente sobre proteção de dados e liberdade de expressão. Mas obviamente outros fatores, como a velocidade também desempenham um papel importante para uma boa hospedagem. Portanto, analisaremos as melhores hospedagens nos países mencionados em um artigo seguinte. É importante que sejam sites legais, por mais controversos que sejam. Se você oferece serviços ilegais (mas legítimos) via Darknet (Domínios .onion), a hospedagem não o ajudará em países como a Islândia, como já provou o fechamento do primeiro website da SilkRoad. Aqui só se pode se proteger com muitos truques e anonimato.

Além dos cinco países seguintes, Suécia, Ilhas Maurício, Emirados Árabes Unidos e Taiwan também estão entre os melhores, embora nós não os especifiquemos aqui.

Os cinco melhores países em proteção de dados e liberdade de expressão

5. Romênia

A Romênia é um membro da UE que é frequentemente visto como um país atrasado e corrupto. Não se deve esquecer que a Romênia está claramente à frente de países ocidentais como França, Portugal e Alemanha no setor da Internet em particular. A Internet no país é muito rápida e a população parcialmente falante de inglês é popular para tarefas de assistência virtual.

Imagem de Bucareste capital da Romênia
Bucareste, Romênia

Estrategicamente localizada entre a Europa e a Ásia, a Romênia está fazendo o melhor uso possível de seus pontos fortes na proteção de dados. A liberdade de imprensa há muito tempo está no nível da Europa ocidental e um órgão supervisor separado para a proteção de dados pessoais mostra as intenções do país, embora, é claro, as autoridades nunca devam ser confiáveis. Entretanto, qualquer pessoa que publica conteúdo não romeno pode fazer pouco mal e será capaz de se beneficiar da alta velocidade através da excelente infraestrutura da Internet.

4. Suíça

Não sem razão, o blog da Staatenlos tem um domínio suíço. E mesmo que eu pessoalmente não tenha uma hospedagem na Suíça, o país oferece excelentes condições para isso.

Por exemplo, a Lei Federal Suíça de Proteção de Dados aspira a um dos mais altos padrões de proteção de dados do mundo, que não pode ser facilmente revogado. Para obter seus dados, os requerentes devem apresentar um pedido formal.

Imagem de Berna na Suiça
Berna, Suiça

Isto ficou famoso com Edward Snowden. A Hosterpoint registrou um aumento de 45% nos clientes. E a Swisscom, a empresa suíça de telecomunicações, está atualmente construindo um Sistema de Nuvem para proteção de dados baseado na Suíça. A Protonmail também tem seus servidores lá.

3. Países Baixos

A Librestado gosta de hospedar através da SiteGround na Holanda devido às suas excelentes leis de proteção de dados, alta liberdade de expressão e liberdade de imprensa no país. No que diz respeito à liberdade de imprensa, a Holanda normalmente está no topo da lista.

Amsterdã, Países Baixos
Amsterdã, Países Baixos

Há até mesmo exemplos de provedores holandeses que se recusam a fechar certos sites, pois as autoridades não se importaram com a burocracia legal. Como resultado, o governo se absteve de confiscar e as páginas continuaram a existir.

Embora o pertencimento à UE seja uma desvantagem potencial, as leis da Holanda vão muito além dos regulamentos gerais da UE. Na nossa opinião, uma das melhores hospedagens offshore é da LibertyVPS, que utiliza centros de dados terceirizados na Holanda. Explicaremos mais sobre o LibertyVPS em um artigo futuro.

2. Noruega

Ao contrário dos Países Baixos, a Noruega destaca-se pela ausência de intervenção da UE. Como um país com uma liberdade de expressão e de imprensa muito elevada, a proteção de dados também está em boas mãos.

Trondheim, Noruega
Trondheim, Noruega

Serviços de armazenamento em nuvem como Runbox e Jottabox operam na Noruega, este último enfatizando deliberadamente que sua propriedade norueguesa é capaz de proteger os dados de seus clientes de uma maneira que as empresas americanas com data centers na Europa não podem. Porque qualquer governo estrangeiro precisa de permissão de um tribunal norueguês para acessar qualquer dado privado, o que raramente é tentado. Como não há acordo de assistência jurídica mútua com os Estados Unidos, trata-se de uma opção interessante, principalmente para dissidentes norte-americanos.

1. Islândia

O líder para a melhor proteção de dados é outro país nórdico, a ilha da Islândia. Em outros aspectos, o país continua sendo a melhor alternativa em termos de liberdade de expressão e proteção de dados.

Estrategicamente localizado entre a Europa e a América, o país oferece as melhores conexões. A legislação islandesa de proteção de dados de 2000 pode ser considerada uma das mais rígidas do mundo, estabelecendo padrões rígidos de privacidade. Com base, mas indo além dos padrões europeus, suprimiu os requisitos de armazenamento de dados. A Islândia está construindo uma Zona de “Liberdade de Expressão”, onde empresas e indivíduos podem operar seus sites com segurança.

Reykjavik, Islândia
Reykjavik, Islândia

Não surpreendentemente, vários serviços de comunicação criptografada são operados na Islândia. Até mesmo o famoso Kim Dotcom anunciou que transferiria seus File Sharers para a Islândia assim que a Nova Zelândia aprovasse algum tipo de lei desfavorável.

Na minha opinião, a Islândia também é o hospedagem que melhor hospeda privacidade e liberdade de expressão. A OrangeWebsite é dirigida por um anarquista e já defendeu com sucesso seus clientes contra um monte de bobagens de estado. Os dados do cliente só serão divulgados por ordem judicial islandesa, e é provável que seja difícil concordar com um juiz islandês sobre o alto nível de proteção de dados e liberdade de expressão. Especialmente porque você pode permanecer completamente anônimo pagando com Bitcoins. Outros truques, como uma proteção adicional contra ataques DDoS, completam uma oferta tão boa.

Os melhores países, as melhores hospedagens?

Qual hospedagem você deve escolher depende inteiramente da natureza e dos objetivos do seu site. Você deve ter um cuidado especial se publicar conteúdo político ou outro conteúdo altamente controverso. Portanto, pode valer a pena hospedar um site offshore. Se você se sente em casa na rede, também pode descer às profundezas da Dark Net!

Se você paga anonimamente com Bitcoin, usa criptografia e está vigilante, pode fazê-lo mesmo contra as grandes potências deste mundo.

Como acontece com qualquer hospedagem, outros fatores também são importantes. Entre muitos outros fatores, a velocidade deve ser adequada, o suporte deve ser bom e rápido e o site deve ter uma baixa suscetibilidade a falhas. Posso recomendar pessoalmente SiteGround (EUA/Holanda), LibertyVPS (Holanda) e OrangeWebsite (Islândia), mas dependendo das preferências, também existem muitas outras hospedagens adequadas. Vamos apresentá-los em outro artigo.

Como você escolheria? Você está planejando mudar sua hospedagem para outro país?

Conclusão

De maneira geral, os países livres e que respeitam a sua liberdade de expressão são poucos. Se você quer conhecer as melhores opções para seu caso pessoal, agende uma consultoria conosco.

Porque a sua vida te pertence!

Curtiu este artigo? Compartilhe!
Logo da Settee

Settee

Consultoria de Internacionalização

A Settee é uma equipe global de empresários, nômades digitais e consultores especializados em estratégias de internacionalização. Agende já sua chamada introdutória.

Últimos artigos

Ver todos os artigos
Thumbnail do Artigo
1/12/2022

Como Sobreviver em um Mundo de Hiperinflação

Neste artigo, vamos abordar a história econômica recente da Argentina em poucas palavras, mergulhar em como as pessoas lidam com um estado constante de inflação ultra alta e porque viver de renda remota na Argentina é um bom negócio.

Ler mais
Thumbnail do Artigo
28/11/2022

Porque Dubai: Abertura de Empresa e Visto nos Emirados 

Neste artigo, te explicaremos detalhadamente porque Dubai está se tornando, cada vez mais, um destino muito atraente para empresários e nômades, desde abertura de empresas e vistos para imigrantes.

Ler mais