23 Motivos para Virar um Viajante Perpétuo

Ícone de Relógio
15 min
Publicado em:
13/9/2022
Última Atualização em:
31/10/22
Article Background Image
Article Background Image
Article Background Image
Temas Abordados Neste Artigo

Introdução

Em um artigo anterior, você aprendeu o que é realmente um viajante perpétuo e o que significa Perpetual Travelling. Para muitos, era de fato um segredo até agora, mas é uma saída possível em muitas situações. Hoje queremos aprofundar o tema e apresentar as muitas vantagens que você poderá desfrutar em breve como um viajante perpétuo.

Não queremos enrolar muito, então vamos direto ao ponto.

Identificamos 23 vantagens que você desfruta como Viajante Perpétuo. Neste artigo, gostaríamos de mencioná-las apenas muito brevemente. Ou já escrevemos em detalhes sobre elas e os artigos estão linkados, ou ainda escreveremos sobre no futuro.

Nós já vivemos assim - e esperamos que você também em breve!

23 motivos para virar um viajante perpétuo

1- Soberania: viva sua vida como você quiser 

"Porque a sua vida te pertence" é o slogan da Settee. Esta mensagem alude ao fato de que você tem direito ao seu próprio corpo, à sua própria mente e a tudo o que faz com eles. Ninguém deve ter o direito de interferir no seu livre arbítrio e forçá-lo a fazer algo com o qual você não concorda. Mas talvez seja isso o que acontece com você o tempo todo. Vamos poupá-los de exemplos. Porque provavelmente você já teve que lidar com o estado o suficiente.

Como um viajante perpétuo, você vive com total soberania. Ninguém, e especialmente o estado, pode forçá-lo a fazer nada. Na melhor das hipóteses, eles são seus parceiros se você decidir voluntariamente entrar em um determinado país ou obter uma autorização de residência permanente no mesmo. Desde que você não crie problemas, você pode viver com soberania em qualquer parte do mundo. Se o fizer, provavelmente a sua decisão foi livre e espontânea.

Ter plena soberania sobre si mesmo e sobre sua vida pode ser muito assustador no início. Depois de um tempo, no entanto, é muito libertador. 

2- Mobilidade: trabalhe e viva onde você gosta

O Brasil é muito quente para você? A mentalidade brasileira o incomoda? Você já está farto de um sistema degenerado?

Como um viajante perpétuo, você pode escapar disso. Você pode escolher onde mora e, em caso de emergência, arrumar sua mala em poucos minutos e viajar. Estas linhas foram escritas no aeroporto de Malta. Vou continuar escrevendo no avião. Vou terminar o artigo em Frankfurt e publicá-lo em Heidelberg. Admirável mundo novo?

O mundo inteiro está aberto para você - quase. Existem 206 jurisdições autônomas no momento - e como brasileiro, você pode entrar em quase qualquer lugar. Naturalmente, apenas cerca de 100 são mesmo remotamente interessantes para se ficar. Mas, em última análise, isso você decide por si mesmo.

3- Flexibilidade: escapar de perigos e aproveitar as oportunidades no menor tempo possível

Nós já elogiamos a flexibilidade? Com a mobilidade vem a flexibilidade. Você não só pode administrar seu tempo livremente, como também pode se beneficiar imensamente de oportunidades repentinas, bem como escapar rapidamente dos perigos que se aproximam.

A flexibilidade não é boa apenas para seu tempo, mas também para sua carteira. Os vôos mais baratos são geralmente ofertas especiais ou tarifas de erro que são válidas apenas por algumas horas, neste último caso, muitas vezes apenas por minutos. Como um viajante perpétuo flexível, você tem tudo em suas mãos para reservá-los imediatamente, afinal você é móvel em todo o mundo.

Você também pode ir espontaneamente para o aeroporto e esperar por ofertas de última hora. Ou você pode estar em um vôo com overbooking, renunciar voluntariamente a ele e receber um bônus graúdo.

Mas o transporte aéreo é apenas um aspecto onde a flexibilidade realmente compensa. Há muitos mais, que talvez destaquemos em um único artigo.

4-Liberdade econômica de regulação: administre seus negócios como você desejar

Você sabe qual é a melhor coisa em ser um Viajante Perpétuo?

Como PT (sigla para Perpetual Traveller) você não tem que registrar uma empresa! Você quase não tem restrições! Você opera em um mercado livre se sua empresa está na Internet, seu servidor e domínio estão nos países certos e seu modelo de negócios não é muito complexo.

Contanto que você continue na viagem perpétua, você pode administrar sua ideia de negócios em particular como freelancer ou comerciante independente sem nenhum problema. É claro que isto pode causar problemas com prestadores de serviços de pagamento, bancos e similares, mas estes geralmente podem ser contornados.

A longo prazo, é claro, é aconselhável criar uma empresa offshore, especialmente se o objetivo for a residência permanente em um país. No entanto, a curto prazo, e especialmente para o início da vida como um viajante perpétuo, você não precisa lidar com a burocracia da criação de uma empresa se não precisar absolutamente do status de empresa. Ao invés disso, concentre-se em viajar, aproveitar e ganhar dinheiro!

Então, quando você está ganhando dinheiro, você pode sempre registrar uma empresa, obter contas corporativas e colocar em dia outras coisas. Por enquanto, é apenas uma distração do que é importante.

Mas, mais tarde, você ainda tem muitas vantagens: não há restrições às leis antidiscriminação, proteção contra demissão ou salários mínimos aplicáveis aos funcionários. Mas você provavelmente só contratará freelancers de qualquer forma.

Você também pode evitar muitas outras restrições arbitrárias ao seu poder criativo. O que nos leva ao próximo ponto.

5- Isenção de impostos: tudo líquido

Você provavelmente já sabe que viver como viajante perpétuo pode significar isenção de impostos. No entanto, gostaria de explicar brevemente as implicações disso mais uma vez: Você sempre ganha LÍQUIDO, não bruto!

E se de repente você ganha tudo líquido, não paga impostos e quase não tem outros custos, você pode levar uma vida grandiosa como um viajante perpétuo com apenas 10 euros de salário por hora.

Quase qualquer pessoa pode encontrar empregos de nível básico por 10 euros na internet (mais sobre isso em um outro artigo). É mais uma questão de disposição do que de capacidade. O que dificilmente valeria a pena na Europa Ocidental, é claro, é muito interessante como PT para começar.

Com um custo de 20 euros por dia para uma vida luxuosa, isso significaria trabalhar 2h por dia. Se o salário é ainda mais baixo, é um pouco mais, se é mais alto, é menos. Se você então tende a gastar mais e trabalhar mais, ou talvez usar o tempo livre para abrir seu próprio negócio ou fornecer seus próprios serviços, em última análise, depende de você.

E 10 euros é, naturalmente, apenas o começo para tarefas muito fáceis. Com conhecimentos mais específicos de, por exemplo, TI, pode ir muito além disso. Se você se posicionar habilmente e tiver muitas habilidades, você certamente pode começar com 50 euros por hora. Em última análise, não há limites superiores. Se você ganha 10 euros. 100 ou 1000 euros por hora - como um viajante perpétuo, a soma permanece a mesma no final.

Bem, quase.

6- Geoarbitragem: ganhar dinheiro em moedas fortes e viver em países com moedas fracas

Porque a quantia que você ganha normalmente será em uma moeda diferente da que você gasta. Você ganha em euro, comparativamente ainda bom, ou se você for esperto, você trabalha diretamente no mercado suíço de francos suíços. Mas você pode viver em países cujas moedas são extremamente fracas e constantemente depreciadas. O dinheiro que você realmente ganhou de repente vale muito mais.

A Colômbia, por exemplo, é um país com moeda fraca, embora o país tenha um potencial extremo. Isto não só torna o investimento uma boa ideia, mas também viver e aproveitar a vida no país é extremamente barato.

Foto de Bogotá, capital da Colômbia.
Bogotá, capital da Colômbia.

Geoarbitragem é a palavra mágica que você deve lembrar. Você não só ganha líquido, como também sobra mais. É claro, somente em países com moedas fracas. Se você ganhar mais depois, pode ser insignificante para a vida, mas torna os investimentos de grandes somas de dinheiro muito mais interessantes.

7- Antifragilidade: você não só se protege de crises globais, você lucra com elas

A antifragilidade significa que você se beneficia da pressão. Afinal de contas, você é flexível e móvel. Onde um país sofre, talvez o outro país ganhe. Como um apátrida, é claro que você pode ter um apego emocional à sua "pátria", mas não precisa ter. Se a guerra civil eclodir de repente, você simplesmente continua viajando.

Alguns países são mais antifrágeis do que outros. A Suíça, por exemplo, é um oásis de segurança para o qual sempre flui todo tipo de dinheiro quando há uma crise. O Viajante Perpétuo pensa em crises da mesma forma. Ele as vê como oportunidades que ele pode explorar. Enquanto todos vendem suas ações em pânico, o PT se aproveita para pegar a promoção.

Tornar-se mais antifrágil pode ter sucesso em muitas áreas. O PT organiza sua vida de tal forma que não só resiste a crises, mas também ganha coisas positivas com elas. Ele não é apenas robusto, ele é antifrágil.

8- Status de turista permanente: muitas vezes você é tratado melhor como turista do que os habitantes locais

Você já esteve em Cuba?

Foto de Havana, capital de Cuba.
Havana, capital de Cuba.

Então você deve ter notado como você é privilegiado como turista enquanto os cubanos são oprimidos diariamente. Isto não se deve apenas ao seu dinheiro, mas também ao seu status de turista. E, assim como em Cuba, outros países geralmente tratam os turistas mais favoravelmente do que os locais. 

Como PT, você é um turista permanente. Embora você tenha apenas um período limitado de permanência no país, você se beneficia disso de forma desproporcional. No final, ninguém está interessado no que você faz com seu laptop, porque você traz moeda estrangeira para o país.

9- Os prazeres "ilegais": jogos de azar, drogas ... de acordo com suas preferências

Muitas coisas bonitas que as pessoas inventaram por prazer são, infelizmente, proibidas. Alguns desses "crimes" sem vítimas resultam até na pena de morte, dependendo do país. Felizmente, alguns países são mais liberais do que outros.

  • Se você gosta de jogar e apostar, você vai para Nevada ou Macau.
  • Se você gosta de drogas, você vai para o Uruguai, Portugal ou Colorado.

Se você gosta de qualquer outra coisa "ilegal" em seu país, você encontrará um país adequado onde você possa praticá-la. As vantagens comparativas são encontradas em muitos estados pequenos em um mundo de 206 jurisdições.

10- Homens e mulheres: encontrar um(a) parceiro(a) adequado pelo mundo

Você tem dificuldades para encontrar um parceiro? Ou você quer mais de um, mas tem medo do tabu social?

Manter as opções abertas pelo mundo inteiro oferece muitas oportunidades. Como um viajante perpétuo, você pode escolher entre o maior conjunto de potenciais parceiros, levar seu parceiro dos sonhos com você em sua viagem e finalmente se estabelecer no país de sua escolha.

Certamente um tema controverso, mas o caminho para a segunda cidadania via casamento é outra opção. Isto é particularmente fácil com parceiros de:

  • Belize
  • Brasil
  • Colômbia
  • Espanha
  • Portugal
  • Irlanda

Não são os piores países para procurar um parceiro.

11- Crianças: criar filhos internacionalmente e sem obrigação escolar, adoção simples

O que se aplica aos parceiros se aplica igualmente às crianças. Viajar com crianças é impossível?

Completamente errado. Neste meio tempo, já conhecemos algumas famílias com muitas crianças que viajam juntas pelo mundo sem uma morada fixa, que tiraram seus filhos do sistema escolar compulsório e se divertem muito no processo. É claro que, em um ou outro ponto você tem que se comprometer em comparação com o PT individual, mas é possível viajar perpetuamente como uma família. Como - isso logo será mostrado em algumas entrevistas com as pessoas envolvidas.

  • Dar às crianças duas cidadanias desde o nascimento para deixá-las decidir por si mesmas mais tarde pode ser um gesto valioso em nossos tempos.
  • Da mesma forma, os casais PT sem filhos podem explorar mais facilmente as possibilidades de adoção e assim finalmente alcançar a alegria de ter uma família.

É evidente que a maioria dos nossos leitores deve entender porque famílias itinerantes não colocam seus filhos no sistema indigno para crianças que é o sistema escolar compulsório.

12- Aproveite as oportunidades que você só tem estando presente em determinados países

Este ponto combina flexibilidade com algumas outras coisas. Já havíamos mencionado a possibilidade de algumas atividades serem ilegais em um país e legais em outros. Entretanto, além desta contradição, existem outras oportunidades somente em determinados países. 

Quer se trate de:

  • Acesso a investimentos especiais
  • Atividades (o surfe vulcânico só está disponível na Nicarágua, pelo que a gente saiba)
  • Ou mesmo das pessoas

O viajante perpétuo pode tirar proveito dessas oportunidades de acordo. Yoga na Índia, Kung Fu na China ou Krav Maga em Israel - por que aprender com os alunos quando você pode ir para o país de origem dos mestres?

13- Fugir de restrições como o serviço militar obrigatório, o voto obrigatório, tributação e contabilidade

Como um viajante perpétuo, você desiste de certos direitos. "Direitos" que você não precisa de qualquer forma, tais como o direito de voto, o direito a esmolas do governo e outras "promessas políticas" que outros têm que pagar. Da mesma forma, como um PT sem residência fiscal, você também escapa de algumas obrigações.

Por exemplo, a obrigação de pagar o imposto de renda (e alguns outros impostos).

Ou a obrigação de manter a contabilidade de seu negócio. Não é preciso fazer a escrituração contábil de forma alguma colocando a empresa no lugar certo.

O serviço militar obrigatório também é um exemplo. No geral, como PT, você se liberta dos deveres que o estado impõe a seus cidadãos. É claro, somente se você realizar a sua saída definitiva.

14- Reembolso do IVA (com residência permanente fora da UE)

Outra vantagem interessante é o reembolso do IVA. Como um antigo residente de Konstanz, nosso CSO Christoph Heuermann conhece bem esse jogo. Os suíços não compram apenas na Alemanha porque é mais barato e as taxas de câmbio são melhores, mas também porque recebem reembolso do IVA além disso. Assim como os suíços, qualquer pessoa com residência permanente fora da UE pode obter seu IVA de volta.

15- Boas oportunidades para obter dupla cidadania

Todos têm a opção de obter múltiplas cidadanias, mas o viajante perpétuo tem uma situação particularmente boa. Não é sem motivo que os segundos passaportes são a disciplina suprema da Teoria das Bandeiras. Todo PT de respeito tem múltiplas cidadanias. Se ele as compra ou obtém através do casamento ou uma estadia mais longa em um país - ele tem várias opções.

16- Autodeterminação informacional (anonimato, se desejado)

Como PT, você pode viver de forma completamente anônima, se desejar. Você criptografa seus dados na Internet via Tor, usa PGP, servidores seguros, domínios e outros serviços. Você paga com criptos e tem múltiplas cidadanias. Tudo legal - mas te rastrear não vai ser possível.

Assim como nós, você pode ser muito permissivo com informações pessoais. Afinal de contas, isso se chama autodeterminação informativa. Não quero me esconder como PT, quero que você mesmo descubra as oportunidades de viajar eternamente e talvez logo se torne um também.

17- Sem seguro de saúde obrigatório, contratação de seguro de saúde internacional de baixo custo

Você já ganha líquido e vive muito barato em muitos países, graças às boas taxas de câmbio. Mas outros custos também são minimizados. Os únicos custos fixos que você pode ter no início são para o seguro saúde. 

A longo prazo, é aconselhável fazer um seguro de saúde internacional, que geralmente é muito mais barato do que um seguro privado comparável se você fosse morar em países europeus.

18- A melhor aposentadoria é a privada

Se você não tem custos, vive barato e ganha uma renda líquida, você pode imaginar que ainda sobra muito.

Como PT, você não é pego nas garras de um sistema de pensão que é na verdade um esquema de pirâmide, mas pode decidir por si mesmo se e como prover para o seu futuro. Você tem oportunidades de investimento global e muito mais capital do que a maioria das pessoas de sua idade. Especialmente se você vive uma vida minimalista, você pode rapidamente acumular grandes somas como PT, que, investidas adequadamente, podem fazer de você um milionário após algumas décadas.

Imagine:

  • Digamos que você ganha 30 euros por hora líquida a médio prazo.
  • Você só trabalha 20 horas por semana, portanto, tem 2400 euros por mês.
  • Mas você só gasta 1400 euros por mês - em muito luxo em seu país de residência.
  • Você ainda tem 1000 euros por mês, portanto 12000 euros por ano.
  • Economizado ao longo de 2-3 décadas, você tem 240.000 - 360.000 euros sem contar retornos sobre o capital investido.
É claro, é mais realista que você não precisará tanto mais tarde. Portanto, você economiza menos. Ou talvez você ganhe muito mais e trabalhe mais tempo. No final, a decisão é sua. E como você é completamente soberano, pode querer trabalhar muito além da idade da aposentadoria, porque gosta do que faz.

Entretanto, com os atuais desenvolvimentos tecnológicos, a questão da provisão para a velhice logo será coisa do passado, de qualquer forma. Se você não vai ficar incapacitado durante os próximos 20 anos, nem precisa fazer muitas provisões, porque, em nossa opinião, isso não será mais necessário. Mais sobre isso em breve em um outro artigo.

19- Mais tempo para você mesmo, terceirizando tudo o que você não pode/não quer fazer

O PT inteligente terceiriza. Ele economiza tempo ao passar suas tarefas para outros. Desta forma, ele não só beneficia a si mesmo, mas também permite a outros o início na vida de viajante perpétuo.

A própria Settee usa os serviços de vários freelancers que trabalham remotamente. Esta é uma maneira muito boa de reduzir a carga de trabalho, permitindo que se concentre nas tarefas principais - no nosso caso, as consultorias.

20- Gestão de tempo totalmente flexível

Tempo é a palavra-chave. Você é muito flexível. Mas às vezes você não tanto. Por exemplo, quando você está escrevendo no aeroporto e seu vôo está prestes a partir. Para que você ainda tenha algo para ler hoje, vou lidar com os últimos 3 pontos com pressa!

21- Cercar-se apenas de pessoas positivas

As pessoas negativas impedem que você faça o que realmente deseja. Especialmente o conceito de viagem perpétua parece extremamente estranho para muitos. Não deixe que isto o impeça, procure contato com pessoas que pensam da mesma maneira e vá em frente. As pessoas negativas não têm o direito de ter contato com você. Como viajante perpétuo, você pode escolher mais facilmente quem quer ter ao seu lado.

22- Networking: Conhecer muitas pessoas interessantes

Da mesma forma, você conhecerá muitas pessoas interessantes quando viajar pelo mundo como um PT. Mesmo se você for um introvertido, depois de um tempo você dificilmente terá problemas para entrar em conversas com outras pessoas que vivem globalmente. Vocês simplesmente tem muito em comum para não conversar.

23- Você pode sempre retornar ao seu país de origem, com muito capital, experiência e contatos para tornar o país melhor

Afinal, como PT, você sempre pode voltar ao seu país de origem. Se você fez tudo certo, você não precisa ter medo do fisco e afins. Em vez de ver seu país afundar em crises ou mesmo guerras civis, volte com muito conhecimento, contatos e capital e construa um país melhor a partir das ruínas.

Conclusão

Se você gostaria de se tornar um Viajante Perpétuo, não deixe de conferir o nosso Desafio Nômade Digital em 28 Dias. Você também pode dar uma boa lida em nossos artigos sobre nomadismo e assinar o nosso newsletter.

Quando se sentir preparado para dar o próximo passo, agende uma consultoria conosco que lhe guiaremos pelo processo.

Torne-se um viajante perpétuo - Porque sua vida pertence a você!

Curtiu este artigo? Compartilhe!
Logo da Settee

Settee

Consultoria de Internacionalização

A Settee é uma equipe global de empresários, nômades digitais e consultores especializados em estratégias de internacionalização. Agende já sua chamada introdutória.

Últimos artigos

Ver todos os artigos
Thumbnail do Artigo
1/12/2022

Como Sobreviver em um Mundo de Hiperinflação

Neste artigo, vamos abordar a história econômica recente da Argentina em poucas palavras, mergulhar em como as pessoas lidam com um estado constante de inflação ultra alta e porque viver de renda remota na Argentina é um bom negócio.

Ler mais
Thumbnail do Artigo
28/11/2022

Porque Dubai: Abertura de Empresa e Visto nos Emirados 

Neste artigo, te explicaremos detalhadamente porque Dubai está se tornando, cada vez mais, um destino muito atraente para empresários e nômades, desde abertura de empresas e vistos para imigrantes.

Ler mais