Teoria das Bandeiras Com Poucos Recursos

Ícone de Relógio
8 min
Publicado em:
14/11/2022
Última Atualização em:
15/11/22
Article Background Image
Article Background Image
Article Background Image
Temas Abordados Neste Artigo

Introdução

“O que eu posso fazer se sou pobre e não tenho recursos”? é uma das perguntas mais recorrentes que recebemos nas redes sociais. Muitos pensam que teoria das bandeiras e internacionalização são apenas para ricos, mas isso não é verdade. 

Há muitas ações que você pode fazer a custo baixo ou zero para ter acesso a oportunidades internacionais e se proteger do estado. Neste artigo, cobrimos elas.

O melhor investimento: Você

Antes de entrar em qualquer tema de diversificação internacional, precisamos falar do investimento que te dará, de longe, o maior retorno: Você.

Se você não tem muito dinheiro, a probabilidade é que você esteja desempregado ou em um emprego com baixa remuneração. 

Isso acontece pois você não tem algo a oferecer que seja atrativo para o mercado. Felizmente, isso é simples de mudar.

Imagem de um homem escrevendo em frente ao seu notebook

Hoje em dia, com uma infinidade de cursos e materiais educacionais gratuitos na internet, aprender o que é preciso para obter uma vaga de emprego que pague bem ou até mesmo para começar seu próprio negócio online, ficou mais simples do que nunca.

Diversos mercados já são muito remotos, como:

  • TI
  • Vendas
  • Atendimento ao cliente
  • Copywriting
  • Design
  • Consultorias
  • Marketing digital
  • Tradução
  • Infoprodutos

Esses e outros mercados estão cada vez menos interessados em diplomas acadêmicos, o que importa é o que você tem de fato a agregar e a oferecer. Na nossa página de Recomendações, você pode encontrar diversas plataformas de busca de trabalhos remotos. 

As estatísticas da RemoteOk também são muito úteis para ver quais habilidades estão em maior demanda para trabalhos remotos, salários e quais países estão contratando.

Trabalho remoto significa que não importa onde você mora, se você tem acesso à internet e determinação suficiente, você pode se qualificar o suficiente para obter um trabalho com um salário para melhorar a sua situação. É simples.

Nem precisa ser o seu emprego ou ramo dos sonhos num primeiro momento. As economias que você obterá, permitirão migrar para outra área posteriormente, se esse for o seu desejo. Comece no design e acabe estudando medicina, por exemplo.

Se você pensa em se aventurar no empreendedorismo digital, recomendamos extremamente o site BowTiedOpossum, especialmente os artigos sobre Seu Caminho para Renda Digital e Como Monetizar suas Habilidades, que explicam os passos de forma simples.

Porém, note o que dissemos acima: É simples, mas não é fácil. Vai custar muito tempo, esforço e trabalho duro. A boa notícia? É algo que depende inteiramente de você. 

E o melhor: Diferente de bens materiais, as suas qualificações ficam contigo para sempre. Se você não tem recursos financeiros, ao menos você tem tempo, e deve ser investido em você mesmo o máximo possível. 

Isso poderá custar sua vida social e o seu domingo de descanso durante alguns anos, mas é como dizem os Racionais: chora agora, ri depois.

Bandeiras que você pode plantar com custo zero

Dito isso, vamos agora para as bandeiras que você pode plantar a custo zero, seguidas por outras que podem ser plantadas a baixo custo.

Contas Bancárias em moeda estrangeira

Imagem de cédulas de Dólares espalhados

Não existe nenhuma razão para você não ter uma conta no exterior. Com a proliferação de fintechs, já existem dezenas de contas no exterior onde você pode ter um balanço em dólares, euros, libras e gastar esse saldo com um cartão de débito.

Algo tão básico quanto obter um cartão da Wise já te protege de:

Porém, lembre: Um saldo em moeda estrangeira não é o mesmo que uma conta no exterior. Se for oferecido por uma instituição bancária brasileira, você ainda estaria sujeito a potenciais controles de capital ou expropriações, caso o estado decida tomar medidas drásticas durante uma provável crise.

Você pode conhecer mais opções de fintechs em nosso artigo sobre 18 contas online com cartões internacionais. Para bancos tradicionais, consulte nossa Enciclopédia de Bancos Offshore.

Corretoras Internacionais

Tema bem próximo ao de bancos, mas vale mencioná-lo separadamente.

O que você possuir de investimentos não precisa ser investido via uma corretora doméstica. Com corretoras internacionais, você pode acessar mercados de investimento do mundo todo, e ainda receber melhores condições.

Ter seus investimentos denominados em outras moedas também te protege da inflação do real, e a corretora no exterior te protege de controles de capital.

Você pode conhecer opções de corretoras no nosso Guia Completo para Escolher uma Corretora Internacional

Criptomoedas

Imagem de uma moeda de Bitcoin em cima de uma nota de dólar

Aqui temos outra alternativa para se proteger da inflação, de expropriações diretas e de controles de capitais.

Essa, porém, não passa pelo sistema financeiro tradicional. Estamos falando de criptomoedas.

Abrir uma conta em uma corretora ou criar uma carteira de criptomoedas não custa nem um centavo.

Apesar de terem uma curva de aprendizado maior do que usar bancos tradicionais no exterior, as criptomoedas também podem oferecer vantagens únicas. 

Entre elas, podemos mencionar:

  • Transações instantâneas e sem taxas (Lightning Network)
  • Anonimato (Monero)
  • Opções de diversificação (stablecoins de moedas fiduciárias e metais preciosos)
  • Acesso a finanças descentralizadas (DeFI)
  • Proteção contra cancelamento (cada vez mais predominante no sistema bancário)

Se você tem interesse em saber mais, confira nosso Guia Definitivo sobre Investimentos e Tributação em Criptomoedas.

Bandeiras que você pode plantar com custo baixo

Agora vamos para as bandeiras que você pode plantar sem gastar muito dinheiro.

Segundas Cidadanias

Imagem de passaportes estrangeiros

No nosso artigo sobre 4 maneiras de conseguir cidadanias, já falamos sobre as principais formas: Tempo, amor, sorte ou dinheiro.

Dinheiro (cidadania por investimento) obviamente não entra no escopo desse artigo, porém as outras três sim:

  • Amor: Se você é casado com um cidadão de outro país, pode ter direito à cidadania
  • Sorte: Se você tem antepassados de outros países, pode ter direito à cidadania
  • Tempo: Se você morar tempo suficiente em outro país, pode ter direito à cidadania

Quando falamos de “amor”, depende se você já estiver ou planejar casar-se com alguém, algo que pode acontecer ou não. Falando de “tempo”, isso envolve a mudança e residência em outro país – aqui, pode valer a pena conferir o nosso artigo sobre os 10 países mais fáceis para naturalização.

A mais interessante, porém, é a cidadania por descendência. Muitos brasileiros têm direito a uma cidadania europeia por descendência, mas nem sequer sabem disso. Para alguns programas, não importa o número de gerações entre você e o seu antepassado, contanto que haja uma conexão direta, você terá esse direito.

Nós já abordamos as 3 cidadanias por descendência mais comuns no blog: portuguesa, espanhola e italiana. Porém as cidadanias:

  • Polonesa 
  • Alemã
  • Austríaca
  • Húngara
  • Francesa
  • Japonesa
  • Libanesa e outras,

podem se aplicar ao seu caso, dependendo dos seus antepassados. 

Se você não sabe se tem direito ou não, vale realizar uma busca genealógica. Nossos juristas parceiros podem ajudar na busca até as últimas 4 gerações por um valor de R$550,00, basta entrar em contato.

Uma vez que você confirmar que tem esse direito, terá que ir atrás da documentação e realizar todo o processo. Isso pode levar entre 1-3 anos e custar alguns milhares de reais, mas ainda assim é muito mais barato que qualquer cidadania ou residência por investimento, e potencialmente te dará acesso à Europa inteira.

Se você quiser conferir as melhores opções de segundas cidadanias e como obtê-las, confira nossa Enciclopédia de Segundas Cidadanias.

Empresas Offshore Baratas

Imagem de duas pessoas trabalhando em um projeto profissional

Se você está começando a prestar serviços para o exterior, ou tem um mínimo de patrimônio, uma empresa offshore pode começar a fazer sentido.

Existem diversas jurisdições acessíveis onde é possível ter 0 de imposto sobre os lucros e até mesmo 0 de imposto retido na fonte sobre os dividendos. Ou seja, mantendo o dinheiro na empresa, sua renda e ganhos de capitais se mantêm isentos de impostos. Só tributa o que for distribuído para a sua pessoa física. 

As opções mais baratas ficam na faixa de 200 a 600 dólares por ano em termos de custos de manutenção – estamos falando de LLCs americanas em alguns estados, algumas offshore no Caribe como Honduras e empresas em certos países da Europa, como Estônia

Claro, por esse valor você terá o pacote mais básico, e provavelmente terá de realizar várias tarefas por conta própria, como declarações de IVA e formulários anuais. 

Residência ou Nomadismo 

Imagem de um homem desfrutando de uma linda paisagem

E, por último, temos também a opção de emigrar ou se tornar um viajante perpétuo.

Tendo uma fonte estável de renda remota (recomendamos uns 800 dólares por mês, mas é possível viver com menos se você conseguir economizar MUITO) ou economias suficientes para se sustentar por 3-12 meses (dependendo do seu apetite de risco), já seria possível considerar uma imigração.

Neste caso, você tem duas opções principais:

  1. Migrar para países com custo de vida baixo e imposto baixo ou zero. 
  2. Migrar para países com custo de vida alto que permitam que estudantes trabalhem

Nos primeiros países, você vai focar em construir uma renda remota e/ou se qualificar profissionalmente de forma remota. Os salários locais são baixos nesses lugares, então você não estará ali para buscar um emprego local, mas sim para poder economizar o máximo da sua renda devido ao custo de vida baixo e à economia de impostos.

Como regra geral, as seguintes regiões se encaixam nesse primeiro grupo:

Já no segundo grupo de países, a estratégia é completamente diferente.

Você está indo para um país de custo de vida alto, mas também com salários altos. Aqui, você quer ter um emprego local para ganhar um bom dinheiro em moeda forte, mesmo com trabalhos mais simples.

Você quer entrar com um visto de estudante. Esse visto é geralmente fácil de obter, tem vantagens fiscais, te permite uma vida com custo de vida muito mais baixo (acomodações baratas, descontos em tudo quanto é lugar) e permite você se qualificar profissionalmente enquanto vive por lá.

O foco é em países que permitem você ter trabalhos, nem que seja de meio período, enquanto estuda. 

Exemplos de países que já discutimos que se encaixam nessa categoria incluem: 

Conclusão

Essas são as principais ações que você pode tomar como uma pessoa com poucos recursos para internacionalizar sua vida e com isso, sair da pobreza.

Reiterando o que dissemos no início do artigo: 

  • Foque em investir em si mesmo
  • Conseguir um bom trabalho internacional é simples, mas não é fácil

Esperamos que estas dicas possam ajudar você nessa jornada de internacionalização. E você já sabe: Se precisar de ajuda para se mudar para qualquer um dos países mencionados ou para um processo de cidadania por descendência, basta entrar em contato.

E se quiser a nossa ajuda para avaliar a sua situação e opções, agende sua consultoria conosco.

Porque a sua vida te pertence!

Curtiu este artigo? Compartilhe!
Logo da Settee

Settee

Consultoria de Internacionalização

A Settee é uma equipe global de empresários, nômades digitais e consultores especializados em estratégias de internacionalização. Agende já sua chamada introdutória.

Últimos artigos

Ver todos os artigos
Thumbnail do Artigo
1/12/2022

Como Sobreviver em um Mundo de Hiperinflação

Neste artigo, vamos abordar a história econômica recente da Argentina em poucas palavras, mergulhar em como as pessoas lidam com um estado constante de inflação ultra alta e porque viver de renda remota na Argentina é um bom negócio.

Ler mais
Thumbnail do Artigo
28/11/2022

Porque Dubai: Abertura de Empresa e Visto nos Emirados 

Neste artigo, te explicaremos detalhadamente porque Dubai está se tornando, cada vez mais, um destino muito atraente para empresários e nômades, desde abertura de empresas e vistos para imigrantes.

Ler mais